L’osteria Bikini Berlim

Este é um daqueles lugares que a gente anota na listinha mesmo antes de saber quando vai visitar a cidade em questão.

Então se você já tem uma lista com afazeres em Berlim, anexe  este restaurante. E se ainda não sabe quando vai, copie e guarde com carinho.

Berlim tem excelentes opções das mais variadas cozinhas do mundo, e como não poderia ser diferente também há ótimos italianos.

A L’osteria é um lugar encantador desde a sua decoração.

L'osteria

O cardápio tem uma variedade enorme para deixar os mais apaixonados por massas (como eu), até meio indecisos… São inúmeras massas e pizzas com os mais tradicionais complementos e até alguns mais exóticos.

O serviço é muito rápido e atencioso, e o local está sempre lotado.

L'osteria 2

 

Eu como sou de começar minha refeição pelos olhos, escolhi uma bela pizza! Gente, além de enorme, ela era simplesmente deliciosa, uma massa fina, mas com crocância no ponto e a cobertura de excelentíssima qualidade. Eu escolhi uma parte dela de funghi freschi a outra tradicional .

L'osteria 5

 

Olha o tamanho da pizza na minha frente! Kkkkk

L'osteria 6

O Julian foi para o lado das massas e optou por um belo spaghetti all’ Amatriciana.

Losteria3

Com já era esperado devido ao exagero de comidas, resolvemos deixar a sobremesa para uma próxima visita, que tomara que seja meio logo…

Lamb and Flag – Londres

Os pubs em Londres são sempre uma excelente opção de comidas. Além do fato de serem belos lugares históricos.

Quando estamos andando pela cidade nem sempre queremos uma cerimônia de refeição a rigor, e ao mesmo tempo nada de lanchinhos fast food, é aí que entram os pubs.

Com um cardápio na maioria das vezes com tendência ao típico inglês, encontramos desde pequenas porções até deliciosos pratos caseiros.Na última viagem provamos o Sherlock Holmes e adoramos!

Desta vez escolhemos o Lamb and Flag (24 James St). O pub fica no Christopher’s Place, uma ruazinha cheia de restaurantes. fica muito prático para quem está fazendo compras na Oxford street ou Selfridges ( como foi nosso caso).

O lugar é muito aconchegante, tem uma área pequena ao lado do bar e subindo ao segundo andar um espaço maior com mesas. A decoração, mesas, cadeiras e painéis de parede são de madeira mantendo a beleza antiga do local, que é de 1813. Foi lá que escolhemos sentar.

Bar  do pub
Bar do pub

Além de bons de garfo, em viagens adoramos pedir vários pratos diferentes para podermos experimentar mais coisas… Então não se assustem com a quantidade de pratos…kkkkk

Como entrada pedi um camembert assado, que veio acompanhado de um chutney de cerveja e pães caseiros, dos deuses!!! (ainda estou tentando recriar o chutney!)

Camembert
Camembert

Já para prato principal cedi aos encantos do fish n chips e não me arrependi, além de enorme ele era um dos mais sequinhos e saborosos que já comi!

Fish & chips
Fish & chips

 

O Julian pediu como entrada cogumelos sobre um pão com alhos creme de pimentas. E também foi muito saboroso.

prato Julian 1
Cogumelos sobre pão de alho e creme de pimentas

 

Para o principal ele escolheu uma torta tradicional (que lembra nossos empadões) recheada com frango em um creme de chardonnay e bacon e acompanhada de purê e vegetais. Deliciosa!

prato Julian 2
Famoso “English Pie” de frango e chardonnay, purê de batatas e legumes ao vapor com gravy (molho a base de carne)

 

A minha dica é que sempre vale experimentar algum pub para provar outros pratos típicos da culinária local, ou no mínimo repetir algum favorito.

 

 

snaps mesa

Snaps – Reykjavík

Dentre os locais mais populares de Reykjavík está o Snaps.

Este é um Pub, restaurante com mistura francesa e islandesa.

snaps local

 

O local é muito bonito e agitado, e o atendimento e comida valem a pena.

snaps mesa

Nós não fugimos muito do tradicional, optamos principalmente pela culinária francesa.

Nossas entradas : eu Deviled Eggs deliciosos e o Julian Calamari Fritti

 

IMG_3497.JPGIMG_4233.JPG

 

Como prato principal pedi uma French Onion Soup e o Julian um Boeuf bourguignon.

 

IMG_3501.JPG

IMG_4234.JPG

O lugar é muito bonito e agitado, e a comida deliciosa! Vale a pena investigar se ele ainda será popular na época da sua visita.

image

  CenterHotel Thingholt – Reykjavik

A escolha de nosso hotel em Reykjavik começou procurando hotéis pela proximidade da rua Laugavegur, a rua principal de comércio. Comparando os hotéis e valores pela região chegamos a escolha do CenterHotel Thingholt, ou Þingholt.

O hotel é muito bem localizado. Nas diárias já estão incluídos o café da manhã e o wifi. O nosso quarto que era o deluxe, super espaçoso e novinho. A decoração em preto e branco, bem moderninho.

A tarifa dele também era uma das melhores da região na época. Gostamos do serviço e dos quartos então super recomendamos!

 

 

 

Nós dois

Islândia, nós voltaremos!

Então algumas pessoas me perguntam se gostei de viajar para lá no inverno, se não preferiria ir na época de verão ? Eu amei visitar a Islândia no inverno e poder conhecer um pouquinho dos encantos do lugar! Com certeza o verão também trata outras belezas interessantes e se possível um dia também irei para vê-las.

Mas independente se você decidir ir no inverno ou verão, ou se mesmo no inverno o clima vai colaborar para ver a aurora boreal, sempre há muito o que ver: os geysers, as fontes geotermais, os vulcões, as cachoeiras como a linda Gulllfoss, a divisão das placas tectônicas separando Europa e América, os lindos cavalos islandeses, os puffins (que não conseguimos ver :( ), o mais antigo parlamento … Ou simplesmente admirar as áreas tranquilas e ainda pouco habitadas ( mas muito evoluídas e cuidadas)

Quer uma dica ? Não perca a oportunidade, Não programe demais, não é um bicho de sete cabeças, simplesmente vá e aproveite!!!

Nós dois