Arquivo da categoria: Las Vegas

Las Vegas – parte 2

Continuando os comentários sobre os hotéis em Las Vegas. Eles são realmente excelentes. Ficando em qualquer um na região da Strip com certeza a pessoa estará muito bem servida.
Gosto muito da área bem central, na parte onde estão os hotéis Caesars, Paris, Planet Hollywood.

Acho muito bom de circular por ali porque fica fácil de ir até qualquer uma das pontas. Há alguns anos fiquei no Mandalay Bay e MGM, hoje em dia devido a tantas novas atrações mais para a parte central da Strip, tenho ficado no Planet Hollywood, Paris ou Caesars.

Claro que na escolha de hotéis e quartos, sempre vai pesar o tanto que cada um quer gastar, mas no geral os preços são bem atrativos e até baratos em comparação a outras cidades dos EUA como NY e San Francisco. Se você não tem uma data específica para ir, vale dar uma olhadinha nos eventos da cidade para não correr o risco de chegar no meio de alguma grande feira ou convenção e pagar preços mais elevados por isso.Eu costumo fazer a reserva diretamente no site dos hotéis. Se você está pensando em ir para lá gaste um tempinho e faça cadastros nós clubes fidelidade das redes maiores de hotéis para acompanhar as ofertas, e eles sempre oferecem algum desconto especial aos cadastrados.
As diárias não incluem café da manhã, mas todos os hotéis tem praças de alimentação, restaurantes e os famosos buffets! Escolha uma das refeições do dia e experimente! Não é em toda viagem a Las Vegas que você vai ter fôlego de encarar tanta comida…e não é só a fartura, as opções são  deliciosas, ilhas de pratos típicos de todas as nacionalidades, doces e salgados de encher os olhos.

Voltando a ser criança no Spice  Market Buffet (no Planet Hollywood)
Voltando a ser criança no Spice Market Buffet (no Planet Hollywood)

Outro ponto importante para decidir a época de ir para la é o clima. Quando é frio, há vento e faz frio de verdade. quando é calor as vezes torna-se difícil andar na rua, o clima fica seco e eles chegam a usar sprinkles para jogar água em alguns trechos das calçadas. Nesta mesma época o ar condicionado dos cassinos fica apavorantemente frio, do tipo polar mesmo! Mas as festas nas piscinas, por exemplo, são emblemáticas e muito divertidas.

Os eventos são sempre bem ecléticos. Há shows de música, teatro,mágica, comédia… Então para não perder as oportunidades quando estamos na região, sempre vale conferir o site do Ticketmaster. Em nossa Lua de Mel vimos o show do Matchbox Twenty com Alanis! Mas no mínimo há algum artista que faz sua temporada por lá como Celine, Elton John…e os shows fixos do Cirque du Soleil, que são sempre imperdíveis!!!

 

Ainda tem os lugares que tanto adultos quanto crianças adoram… o MM World e a Coca-Cola. Mesmo quem não quer sai cheio de souvenirs!

Mas independente da época do ano, você vai ter muito o que fazer, basta se preparar para  muitos superlativos. Muita comida, muito divertimento, muitos shows, muitas compras…e muitas novidades sempre!!!

 

Viva Las Vegas

A primeira vez que estive em Vegas foi em 1999. Foi na companhia de meus pais e irmão, na época eu tinha 21 anos e meu irmão 16. Com certeza tudo era mais controlado e rigoroso por lá, não se viam crianças e bebês e os adolescentes ficavam restritos a passear em algumas áreas determinadas dos hotéis. Então muitos sempre questionavam (outros ainda questionam) por que visitar com a família um lugar que tem sua fama baseada em cassinos? E qual a magia deste lugar para repetirmos tantas vezes este destino?

 

Com meu irmão Márcio em 1999- passarela do Hotel New York-New York
Com meu irmão Márcio em 1999- passarela do Hotel New York-New York
Antigo Studio 54 no Hotel MGM
Antigo Studio 54 no Hotel MGM

 

 

 

 

Bom, naquela primeira oportunidade fomos por escolha do meu pai, onde os destinos eram San Francisco (que também adoro e estou devendo um post) e Las Vegas. Meus pais já tinham ido várias vezes para lá e adorado. Uma grande parte das pessoas acreditava que eles gostassem de jogar e torrar dinheiro nas caça níqueis…kkkkkk. Mas a verdade é que eles foram alguns dos primeiros a gostar do lugar por todo o conforto que ele pode oferecer, e isto muito antes da descoberta do local pelos nossos conterrâneos. Hotéis sempre novinhos, mais do que cinco estrelas, shows maravilhosos do Cirque du Soleil permanentemente montados, shoppings e mais shoppings… Como não gostar?
Pois é, acho que acabei “herdando” este gosto! E nestes 15 anos que se passaram visitei a cidade várias vezes, em diferentes épocas do ano, viagens de férias,pequenos stopover e inclusive minha lua de mel!

 

Lua de Mel 2008- House of Blues
Lua de Mel 2008- House of Blues
Hall do MGM Hotel (2008)
Hall do MGM Hotel (2008)

Acho que minha introdução ficou meio longa, mas como se pode perceber, minha história com Vegas já virou amor antigo.
Então primeiro algumas explicações sobre a cidade para que se possa entender melhor as dicas do local:
- em Las Vegas a região principal é a Las Vegas Boulevard, mais conhecida como “Strip”
- tudo que é turístico cresce ao redor desta área
- a cidade tem movimento 24 horas por dia. Sempre tem gente andando pela rua, chegando e saindo de festas, shows e cassinos. Mas restaurantes e lojas tendem a manter horários mais tradicionais de funcionamento
- na Strip estão a maioria dos grandes hotéis
- os hotéis da Strip são extremamente grandes, luxuosos, com quartos grandes. Todos possuem uma área de shoppings, teatros, restaurantes, e claro cassinos. Estas áreas são de acesso público, os quartos e piscinas são privativos
- os próprios hotéis já são uma atração turística. Os hotéis mais tradicionais tem sempre algum tipo de atração, como as águas dançantes do Bellagio, as estátuas falantes do Caesars Palace , os piratas do Tresure Island, a montanha russa do New York, a torre Eiffel do Paris, o aquário do Mandalay Bay ou os brinquedos exóticos do Stratosphere. Além disso muitos tem belíssimos acervos de artes como o Bellagio e o City Center.
- para distâncias maiores eu recomendo tanto o monorail que percorre a Strip passando ao fundo dos hotéis bem como os ônibus que fazem o sentido norte e Sul da mesma. Não costumo alugar carro por lá, não acho necessário, mas caso você alguém lembre-se dos horários de pico, são com em qualquer grande cidade. Ah, os táxis não podem parar em qualquer ponto da rua para deixar ou pegar passageiros, normalmente só em recepções e vias laterais, então cuidado com as grandes voltas que o taxista possa ter que fazer para deixá-lo no hotel (normalmente as recepções e garagens são aos fundos do hotel).

- como tudo se concentra ao longo de uma via principal, fica fácil caminhar de um local a outro, aproveitando assim para entrar em vários destes hotéis e conhecer seus atrativos. Para atravessar de um hotel a outro ou as ruas de um lado a outro há lindas passarelas ( ótimo lugar para se admirar um pouquinho as luzes da cidade).

Agora vá preparando seu coração, suas malas e seu bolso para conhecer mais detalhes desta cidade que se reinventa a cada visita, enquanto eu preparo meus próximos posts para você… ;)