Arquivo da tag: comer bem

Calçadão da Villa Comunale

Sorrento

Nosso útimo destino antes de voltar foi Sorrento.

A cidade já possui um porte maior, com mais opções na área comercial e em toda estrutura. Mesmo assim ela não perde seu charme.

Nós ficamos hospedados bem na região central, próximo à Piazza Tasso. Dali fizemos tudo a pé. Esta é uma escolha bem pessoal,pois se a pessoa quiser ficar como base em Sorrento indicaria um hotel mais na beira do penhasco, região da Marina. Como a cidade é uma cidade alta, uma das cidades-penhasco da região, há muitos hotéis que ficam nestas encostas altas, o que torna difícil sair a pé até a região central.

Piazza Tasso
Piazza Tasso

 

O centro da cidade possui bastante lojinhas desde as tradicionais com roupas e acessórios até as de artesanatos e produtos locais, sendo a mais movimentada a Corso Italia. Sem contar os restaurantes… Come-se muito bem! Por sinal não perca a oportunidade d provar o prato típico de lá, o Gnocchi alla sorrentina!

Gnocchi alla sorrentina que comi no In Bufalito
Gnocchi alla sorrentina que comi no In Bufalito

A Villa Comunale é uma espécie de calçadão que margeia o penhasco em que a cidade está incrustada.  Ao longo dela todos param para admirar e fotografar as lindas vistas do mar e de Nápoles e do Vesuvio.

Calçadão da Villa Comunale
Calçadão da Villa Comunale

A partir da Villa Comunale há uma escadaria que acessa a Marina Piccola e a praia. Nós chegamos a descer para curtir a vista, mas a volta fizemos pelo elevador. Isto mesmo, há um elevador que liga estas extremidades. Ele é pago e pode-se pagar por viagem e há outras opções de cartões com mais viagens para quem fica hospedado na região e tem que usar mais vezes o serviço.

Bom, a praia não é bem praia por lá… São minúsculos espaços de cascalho com acesso à água. E há também as decks de madeira que são de beach clubs ou hotéis que colocam espreguiçadeiras e fazem o serviço de praia.

Marina Piccola
Marina Piccola

Mas com certeza à vista da cidade é o ponto alto. De onde você quiser tirar uma foto ou simplesmente curtir a vista, é sempre de tirar o fôlego.

 

Vista da Marina Piccola caminhando pela Villa Comunale
Vista da Marina Piccola caminhando pela Villa Comunale

image

Vista da ilha

Capri e Anacapri

Nós decidimos conhecer um pouquinho de Capri a partir de Positano. Pegamos um ferry no início de uma manhã e após 30 minutos estávamos chegando a ilha.

Vistas do Passeio ao reor da Ilha de Capri
Vistas do Passeio ao reor da Ilha de Capri

Há dois ferrys que fazem este trajeto, um que dura mais ou menos 30 minutos e outro 50 minutos. Os dois chegam na Marina Grande e de lá quem deseja conhecer a Gruta Azul já deve se agilizar e logo escolher seu meio de transporte, que se forem os barcos, já pode-se comprar o ticket logo ali no desembarque e partir a seguir. Foi o que fizemos (leia no próximo post detalhes da Gruta Azul)

Vista da Marina Grande de dentro do funicular

Vista da Marina Grande de dentro do funicular

Ao retornar para a Marina Grande fomos conhecer as cidades de Capri e Anacapri, que é como a ilha é dividida. Sendo Anacapri a parte mais alta da ilha, um pouco menos badalada e mais tranquila. Capri ao contrário já é conhecida por suas lojas de grife e resorts luxuosos, estando sempre entre os locais da moda de veraneio dos mais populares.

Vista da Ilha a caminho de Anacapri
Vista da Ilha a caminho de Anacapri

A primeira parte do caminho é feita pegando um Funicular, uma espécie de bondinho que leva da Marina Grande até a parte elevada em Capri, específicamente chegando na Piazzetta. O caminho demora uns 15 minutos e a fila anda bem depressa. Custa 1,80 euros cada bilhete.

image
Entrada do funicular
Vista de dentro do funicular
Vista de dentro do funicular

Dali pode-se pegar os ônibus ou carros tipo táxi para chegar até Anacapri. Os ônibus são bem engraçados, são estreitos como se fossem recortados ao meio, próprios para poder andar um pouco mais fácil pelas estreitas e tortuosas estradas. Os ônibus fazem bastante fila por serem pequenos e também custam 1,80 euros o bilhete por trecho.

ônibus para chegar a Anacapri
ônibus para chegar a Anacapri
Carros conversíveis adaptados fazem serviço de táxi
Carros conversíveis adaptados fazem serviço de táxi
Vista da ilha de dentro do ônibus
Vista da ilha de dentro do ônibus

Em Anacapri há um pequeno trajeto histórico que pode ser feito a pé em pouco tempo. é super agradável caminhar por suas ruas e pequenas vendas.

image

As mercearias são um sonho
As mercearias são um sonho

Já em Capri o passeio é bem mais movimentado… a Piazzetta está sempre cheia e tem ótimos bares e restaurantes.

A Via Camerelle é a rua das grifes e uma área muito gostosa de passear.

Passeando pelas lojas em Capri

Passeando pelas lojas em Capri

Almoçamos com uma linda vista em um pequeno restaurante próximo à Piazzetta, chamado Ristorante Longano. Com deliciosas massas tradicionais e um belo forno a lenha.

Janela do Restaurante
Janela do Restaurante
Meu tradicional Spaghetti alla Carbonara
Meu tradicional Spaghetti alla Carbonara
Spaghetti Aglio Olio e Peperoncino que o Julian amou!
Spaghetti Aglio Olio e Peperoncino que o Julian amou!

Vista da ilha

Vista da ilha
Vista da ilha

Definitivamente tem muito o que se ver por lá e vale passar mais dias. Mas se puder ao menos conhecer um pouquinho para matar a curiosidade (como nós) vale muito a pena.

 

La Villa d’Este – Nice

Este com certeza  é um dos restaurantes que você deve anotar na agenda pra quando passar por Nice.

O restaurante tem o cardápio da culinária italiana muito variado e exageradamente bem servido .  Como passamos vários dias acabamos repetindo o lugar duas vezes e não nos arrependemos !

Claro que nós somos exagerados…  então para provar um pouco do que tínhamos curiosidade, nós dois pedimos pratos diferentes cada vez, o que é desnecessário já que a porção é gigante!

Bom aqui seguem as imagens e as descrições  para não me deixa mentir.

image

image image

LA VILLA D’ESTE - 6, rue Masséna- Nice

The Concorde Room – Lounge da Primeira Classe da British Airlines

Ainda tentando seguir um pouco a cronologia, após visitarmos o Lounge de Desembarque voltamos a fazer os procedimentos para entrada na área de embarque.
E aí fomos conhecer a sala da Primeira Classe da British Airlines, a Concorde Room.

Já na entrada notamos que é uma sala muito mais requintada que as outras…
Grandes lustres e candelabros, decoração clássica, cômodos grandes e belas peças de decoração.

image

O ambiente fica dividido em várias áreas: salas com sofás, salas para assistir televisão, sala de reuniões, quartos privativos para descanso, áreas de chuveiros, um spa, bar, um deck mais aberto e um restaurante! Isso se eu não esqueci de nenhum…


A quantidade de garçons é enorme e lá você não precisa levantar para nada, embora tenha opções de bebida disponíveis em mesas de apoio nas salas.

Há um cardápio que muda conforme a hora do dia oferecendo opções de café, almoço, lanche e jantar que é servido em qualquer sala bem como os drinks, chás, cafés, champagnes, whiskey, vinho etc Detalhe é que as bebidas são todas de classes mais top e caras do que por exemplo as servidas nas salas executivas ( que por sua vez já são muito mais bem servidas que s maioria dos Lounges)

DCIM101GOPRO
O restaurante oferece as refeições de forma bem formal, com pratos dignos de restaurantes estrelados.


Ah um detalhe importante,diferente de algumas companhias que oferecem serviços mistos em suas salas, todos os serviços são usufruídos gratuitamente no Lounge!
Para nós que tínhamos programado um intervalo confortável entre vôos foi fantástico!
Então independente se você tiver a oportunidade de conhecer este ou outro Lounge vale programar um tempinho para usufruir deste agrado.

Galleries Arrival Lounge British Airways

 

Bom, depois de um vôo excepcional chegamos a Londres. Aqui nossa espera é um pouco mais longa … Na verdade foi proposital para podermos conhecer e aproveitar um pouco as regalias dos Lounges oferecidos para first class.

O desembarque é rápido e ainda recebemos um fast track para acelerar a passagem pela imigração.  Como não precisamos redespachar as malas poderíamos ficar direto na área de embarque ou sair e fazer depois uma nova passagem pela segurança. Como queríamos conhecer o Lounge de desembarque optamos pela segunda opção.

O Lounge fica no primeiro andar da área externa, logo após as bagagens.  O acesso é exclusivo para os passageiros voando first e business class, e os com cartão fidelidade gold da British.

image

Logo que apresentamos o cartão de embarque a atendente nos entregou um convite para a sala de café privativa para passageiros da first, a Concorde Breakfast. Ali o cardápio serve várias opções de café da manhã, e eu escolhi os ovos benedict, meus favoritos .

 

Para os passageiros da executiva há um buffet com diversas opções de comidas, sucos e cafés disponível.

Ha um Spa, o Elemis, oferecendo serviços de massagem e tratamentos até como fazer a barba ou as unhas! É necessário agendar horário porque normalmente é bem cheio. Hoje ainda estava tranquilo e aproveitei para fazer uma massagem deliciosa de couro cabeludo chamada deep relax scalp massage!

image

A área de banho é um atrativo a parte. Há inúmeras salas de chuveiro que tem basicamente os chuveiros e as cabanas, que tem uma área maior com uma banheira. Ah enquanto você toma banho pode colocar a camisa prnsurada na porta onde há um tipo de fundo falso que alguém a retira e passa para você em minutos.  Quem testou foi o Julian e aprovou!

Agora vamos para área de embarque novamente para aproveitar o próximo Lounge … Até mais! E Feliz Páscoa!