Arquivo da tag: culinaria

IMG_7211

OUTRIGGER MAURITIUS BEACH RESORT

Nosso hotel está localizado na parte sul da ilha, na região onde ainda há pouca exploração comercial. Os resorts situam-se ao longo desta costa mantendo seus isolamentos.

IMG_7011
Nossa mar cristalino

A estrutura do resort é fantástica. E oferece diárias com café da manhã, meia pensão ou all inclusive. Nós optamos pela diária com café da manhã. São servidas 2 águas por dia no quarto e pode ser solicitada quando quiser sem custo. As atividades aquáticas não motorizadas também são cortesia, como caiaque, kaitesurt,etc e também são oferecidos passeios para snorkle e em um barco com fundo de vidro para apreciar os corais.

IMG_7096
Prédio principal do hotel

IMG_1705

O hotel divide as áreas onde ficam famílias com crianças ou somente casais. Achei bem interessante pois faz com que o local se torne extremamente tranquilo.

Cabana na piscina
Cabana na piscina

 

Praia em frente ao nosso quarto
Praia em frente ao nosso quarto

Nosso quarto foi a Beachfront Junior Suite, que era simplesmente lindo e enorme (78m²). Dividido em closet, quarto, sala, sacada e dois banheiros, sendo um com a Jacuzzi com vista total do mar.

 

Vista da banheira
Vista da banheira

 

Em nosso tipo de acomodação estava incluído o acesso ao Club Executive Lounge. Que oferece café da manhã a la carte, chá da tarde, e happy hour. E ao longo do diua acesso a uma piscina privativa com drinks a disposição.

 

Café no lounge
Café no lounge

Acho que nem preciso dizer que repetiríamos com certeza!

Pôr do sol de tirar o fôlego
Pôr do sol de tirar o fôlego
Calçadão da Villa Comunale

Sorrento

Nosso útimo destino antes de voltar foi Sorrento.

A cidade já possui um porte maior, com mais opções na área comercial e em toda estrutura. Mesmo assim ela não perde seu charme.

Nós ficamos hospedados bem na região central, próximo à Piazza Tasso. Dali fizemos tudo a pé. Esta é uma escolha bem pessoal,pois se a pessoa quiser ficar como base em Sorrento indicaria um hotel mais na beira do penhasco, região da Marina. Como a cidade é uma cidade alta, uma das cidades-penhasco da região, há muitos hotéis que ficam nestas encostas altas, o que torna difícil sair a pé até a região central.

Piazza Tasso
Piazza Tasso

 

O centro da cidade possui bastante lojinhas desde as tradicionais com roupas e acessórios até as de artesanatos e produtos locais, sendo a mais movimentada a Corso Italia. Sem contar os restaurantes… Come-se muito bem! Por sinal não perca a oportunidade d provar o prato típico de lá, o Gnocchi alla sorrentina!

Gnocchi alla sorrentina que comi no In Bufalito
Gnocchi alla sorrentina que comi no In Bufalito

A Villa Comunale é uma espécie de calçadão que margeia o penhasco em que a cidade está incrustada.  Ao longo dela todos param para admirar e fotografar as lindas vistas do mar e de Nápoles e do Vesuvio.

Calçadão da Villa Comunale
Calçadão da Villa Comunale

A partir da Villa Comunale há uma escadaria que acessa a Marina Piccola e a praia. Nós chegamos a descer para curtir a vista, mas a volta fizemos pelo elevador. Isto mesmo, há um elevador que liga estas extremidades. Ele é pago e pode-se pagar por viagem e há outras opções de cartões com mais viagens para quem fica hospedado na região e tem que usar mais vezes o serviço.

Bom, a praia não é bem praia por lá… São minúsculos espaços de cascalho com acesso à água. E há também as decks de madeira que são de beach clubs ou hotéis que colocam espreguiçadeiras e fazem o serviço de praia.

Marina Piccola
Marina Piccola

Mas com certeza à vista da cidade é o ponto alto. De onde você quiser tirar uma foto ou simplesmente curtir a vista, é sempre de tirar o fôlego.

 

Vista da Marina Piccola caminhando pela Villa Comunale
Vista da Marina Piccola caminhando pela Villa Comunale

image

Vista da ilha

Capri e Anacapri

Nós decidimos conhecer um pouquinho de Capri a partir de Positano. Pegamos um ferry no início de uma manhã e após 30 minutos estávamos chegando a ilha.

Vistas do Passeio ao reor da Ilha de Capri
Vistas do Passeio ao reor da Ilha de Capri

Há dois ferrys que fazem este trajeto, um que dura mais ou menos 30 minutos e outro 50 minutos. Os dois chegam na Marina Grande e de lá quem deseja conhecer a Gruta Azul já deve se agilizar e logo escolher seu meio de transporte, que se forem os barcos, já pode-se comprar o ticket logo ali no desembarque e partir a seguir. Foi o que fizemos (leia no próximo post detalhes da Gruta Azul)

Vista da Marina Grande de dentro do funicular

Vista da Marina Grande de dentro do funicular

Ao retornar para a Marina Grande fomos conhecer as cidades de Capri e Anacapri, que é como a ilha é dividida. Sendo Anacapri a parte mais alta da ilha, um pouco menos badalada e mais tranquila. Capri ao contrário já é conhecida por suas lojas de grife e resorts luxuosos, estando sempre entre os locais da moda de veraneio dos mais populares.

Vista da Ilha a caminho de Anacapri
Vista da Ilha a caminho de Anacapri

A primeira parte do caminho é feita pegando um Funicular, uma espécie de bondinho que leva da Marina Grande até a parte elevada em Capri, específicamente chegando na Piazzetta. O caminho demora uns 15 minutos e a fila anda bem depressa. Custa 1,80 euros cada bilhete.

image
Entrada do funicular
Vista de dentro do funicular
Vista de dentro do funicular

Dali pode-se pegar os ônibus ou carros tipo táxi para chegar até Anacapri. Os ônibus são bem engraçados, são estreitos como se fossem recortados ao meio, próprios para poder andar um pouco mais fácil pelas estreitas e tortuosas estradas. Os ônibus fazem bastante fila por serem pequenos e também custam 1,80 euros o bilhete por trecho.

ônibus para chegar a Anacapri
ônibus para chegar a Anacapri
Carros conversíveis adaptados fazem serviço de táxi
Carros conversíveis adaptados fazem serviço de táxi
Vista da ilha de dentro do ônibus
Vista da ilha de dentro do ônibus

Em Anacapri há um pequeno trajeto histórico que pode ser feito a pé em pouco tempo. é super agradável caminhar por suas ruas e pequenas vendas.

image

As mercearias são um sonho
As mercearias são um sonho

Já em Capri o passeio é bem mais movimentado… a Piazzetta está sempre cheia e tem ótimos bares e restaurantes.

A Via Camerelle é a rua das grifes e uma área muito gostosa de passear.

Passeando pelas lojas em Capri

Passeando pelas lojas em Capri

Almoçamos com uma linda vista em um pequeno restaurante próximo à Piazzetta, chamado Ristorante Longano. Com deliciosas massas tradicionais e um belo forno a lenha.

Janela do Restaurante
Janela do Restaurante
Meu tradicional Spaghetti alla Carbonara
Meu tradicional Spaghetti alla Carbonara
Spaghetti Aglio Olio e Peperoncino que o Julian amou!
Spaghetti Aglio Olio e Peperoncino que o Julian amou!

Vista da ilha

Vista da ilha
Vista da ilha

Definitivamente tem muito o que se ver por lá e vale passar mais dias. Mas se puder ao menos conhecer um pouquinho para matar a curiosidade (como nós) vale muito a pena.

 

Restaurantes de São Paulo – Osteria del Pettirosso

Para quem adora a culinária italiana como eu, este restaurante é imperdível!

A Osteria del Pettirosso fica na Alameda Lorena ( quase na esquina coma Rebouças), uma casa aconchegante desde a entrada. O chef  Março Renzetti é o responsável pela deliciosa comida.

O cardápio é vasto e se divide em uma parte clássica e uma com as inovações da casa.

O couvert é muito gostoso , com pães caseiros fantásticos.

Escolhemos duas entradas que também foram maravilhosas. Eu optei pela Polenta e spuntature, uma polenta cremosa acompanhada de um fino ragu de costela suína e funghi. O Julian optou por Sformatino di melanzane e caprino, uma beringela recheada com queijo de cabra e acompanhada de confit de tomate.

Polenta
Polenta Cremosa

 

Entrada do Julian
Beringela Recheada

 

Para acompanhar escolhemos um vinho orgânico, delicioso.

vinho

Decidir o que experimentar realmente não foi fácil, mas optamos por provar um dos destaques do cardápio que é o Fettuccine Imperiali. Este prato é o famoso fettuccine Alfredo (massa com molho à base de manteiga e parmesão), e é preparado à risca , com a finalização sendo feita à mesa do cliente pelo próprio chef. Como sinal de homenagem a travessa usada para o preparo é servida à um dos clientes, no caso, eu fui a privilegiada! A massa é fantástica, saborosíssima, com certeza o melhor Imperiali ou Alfredo que já comi ( e olha que já pude provar alguns em alguns lugares do mundo). A porção realmente é muito generosa, já é explicado no cardápio que este é um prato para duas pessoas, mas com certeza ainda assim é com bastante fartura.

Pasta

 

Entao em alguma das vezes que você estiver por São Paulo não deixe de conhecer o restaurante!

Restaurantes de São Paulo – Ici Brasserie

Em um sábado lindo de passeio pela Oscar Freire resolvemos almoçar por ali. resolver onde comer em São Paulo não é tarefa fácil, muito menos em uma região como esta. Optamos por um lugar onde fizéssemos uma refeição rápida para poder continuar as compras depois.

O Ici Brasserie é bem badalado, então sempre há espera, mas vale a pena.

O local não é muito grande, mas muito original. A decoração é bem clean, utilizando vários tipos de cervejas, desde garrafas vazias a conteiners de sua própria marca.

A cerveja é o astro do cardápio, onde encontram-se marcas de diversos lugares do mundo e as de própria produção.

ICI

O cardápio das refeições tem ótimas opções de acompanhamentos para quem só quiser fazer um happy hour ou mesmo para quem quer fazer sua refeição rápida como nós.

Para começar eu optei pelo Carpaccio de Portobelo Trufado com Brie Panèe, simplesmente dos deuses!

Brie 2

O Julian escolheu o Duo TT, um terrine de champagne e foie gras.

Duo tt

Depois eu escolhi um Croque monsieur, muito bem feito. É o Julian o Ici Burguer, saborosíssimo!

CroqueBurguer

Mais uma ótima opção de refeição rápida e bem feita.