Arquivo da tag: Travel

Mais Dubai

Continuando nossos passeios por Dubai, fomos até a parte antiga da cidade. A região central do Creek, que divide a cidade em Deira e Bur Dubai.Nesta região estão os mercados chamados Souks.
Nós conhecemos o Gold Souk, que como o nome já diz, é o mercado de ouro. Lá realmente a quantidade de ofertas e tipos de produtos impressiona, mas quando vemos algo em tamanha quantidade as vezes nem valorizamos muito, não é?! Fica parecendo meio bijoux, mesmo sabendo que eles são extremamente fiscalizados quanto ao ouro e pedras vendidas. Mas as vitrines parecem tão cheias, que parece até venda no atacado. E cuidado com as promoções, afinal as lojas parecem iguais, mas tem algumas que fazem a velha política da promoção e aumentam o preço a quase o dobro para dar algum desconto. Então quem está a fim de comprar jóias na viagem, vale pesquisar, mas se não quiser se empenhar para ir até lá pode ficar tranquilo porque todos os shoppings,mercados, souks, hotéis, tem lojas com preços bem negociáveis.
Como era muito quente não ficamos andando na rua ao redor destas partes onde tem os outros souks de comidas, tecidos,etc.
Agora um mercado, mais estilizado claro, que adorei e acho que deveria ter sido a primeira parte turística a ser visitada, foi o Souk Madinat Jumeirah. Simplesmente perfeito. Era o que eu tinha imaginado para os produtos locais, com mistura das tapeçarias, decoração, pequenas lembranças, lojas de marcas atuais, jóias e vários restaurantes. E o lugar fica agitado ao final da tarde e noite!

E ainda de na mesma visita você pode passear pela estrutura dos hotéis do Jumeirah, onde fica o símbolo, Burj Al Arab.

Então minha opinião sobre a visita a Dubai? Fantástica ! Vou amar repetir este destino 😉

Welcome to Dubai

Olá amigos! Ainda não tinha conseguido parar para escrever… É que são tantas novidades, o lugar deslumbrante, o fuso horário, tudo foi acumulando.

Vou começar contando um pouco da nossa chegada e fatos interessantes sobre a cultura local ( alguns bem populares e conhecidos e outros de minha experiência pessoal), até  porque acho que a forma de diário poderia ficar meio pobre…

Nossa chegada ao aeroporto foi antecipada! Pois é, o vôo chegou antes do previsto uma meia hora. E como estamos acostumados com os trâmites de alfândega demorados na maioria dos países, reservamos nossa limo(incluída na tarifa da executiva) para mais tarde. Como a fila para esperá-las estava grande,já que outros vôos estavam agendados para antes que nós, decidimos pegar um taxi mesmo. E o calor ainda era incrível mesmo perto das 21 horas, o ” bafinho” lembrava muito Blumenau (e que teste morar em Blumenau-SC). Os táxis são baratos na região toda. Nos custou AED 200 que corresponde mais ou menos R$120, para uma viagem de Abu Dhabi a Dubai, que durou mais ou menos 1 hora.

O caminho chega a ser tedioso de tão reto. Mas logo chegamos ao nosso oasis, o The Westin Dubai Mina Seyahi – Beach Resort & Marina. Bom, sobre o hotel vou escrever após a estadia completa, mas até agora mais do que perfeito! (leia mais)

Vista do nosso quarto
Vista do nosso quarto

 

Bom, aqui é final de verão, sendo a baixa temporada deles, já que as pessoas podem vir em qualquer época do ano e só escolher entre : quente e muito quente. A temperatura mínima mesmo de manhã ou a noite é mais ou menos 31ºC, e a máxima tem sido em torno de 38-40ºC. Já não é tão quente quanto as semanas anteriores, 50ºC, tivemos sorte!

E a temperatura é ponto crucial para nós, já que a vestimenta é uma das coisas a se prestar mais atenção por aqui. Eu tenho a opinião de que  devemos nos portar como o ditado diz, ” quando em Roma, faça como os romanos” . Então cuidei muito, talvez mais que o normal para me portar respeitosamente. Li muito a respeito e até me assustei um pouco com as rigorosidades. Mas ao chegar aqui me deparei com um povo mais do que receptivo e até bem eclético… De qualquer forma,  vou continuar usando as roupas que sejam mais certas aos códigos locais de vestimenta.

Para quem está curioso, uma idéia geral do que aprendi: mulheres devem sempre cobrir ombros e joelhos, não devem usar roupas justas, nem transparentes. A idéia é que seja uma vestimenta modesta ( eu que adoro estampas, estou cuidando com as cores!). Aos homens nada de muitos cuidados. Pelo menos em Dubai (pelo que já fomos informados em Abu Dhabi, é mais tradicional e rigoroso, mesmo homens são restritos a usar até bermudas em muitos lugares).

Para ser sincera, vi poucos olhares recriminantes por aqui. Para ser bem justa, talvez tenha visto mais olhares críticos em shoppings na minha cidade e região… Vimos pessoas vestidas de todas as formas,e até pouco adequadas aos climas de shoppings já que o ar condicionado é bem gelado! As próprias mulheres da região até andam cobertas com sua veste, mas acompanhadas de bolsas maravilhosas do topo de qualquer coleção famosa, bem como com sapatos belíssimos, Jimmy Choo, Louboutin, Hermes ou qualquer coisinha básica deste tipo….ah e também quando não estão com o rosto completamente coberto a maquiagem é impecável! Difícil não associar com alguma imagem de Sex and the city 2 (que mesmo não tendo sido gravado nos emirados faz muito jus a tradição).

A cidade é linda! Cheia de contrastes, praias lindas e arranha-céus imensos (o Burj Khalifa é o mais alto do mundo) e além de tudo a cidade está em visível expansão, logo as linhas de metro estarão mais acessíveis a todas as regiões, mas por enquanto nossa parte da orla ainda está crescendo neste setor. Nada que tire o brilho do local, afinal o petróleo é barato, os carros para taxi excelentes, e não se vêem pessoas andando a pé ( até pelo calor, embora nos túneis e passarelas tenha até ar condicionado  Ah, outro exemplo da cultura local, como não vim só a passeio, hoje fui até meu centro de convenções (no caminho de ida com o Julian) e depois combinamos de nos encontrar no shopping. Para eu pegar um taxi, como mulher sozinha, precisei pegar um taxi cor de rosa! Que é dirigido por mulheres e para mulheres não acompanhadas! Faz parte…

Por enquanto só tenho a elogiar!!! Estou amando …

 

 

Vôo Etihad

Um pouquinho sobre nosso vôo até Abu Dhabi.
Já em nossa recepção no avião algumas opções de bebidas, champagne, sucos e águas.

IMG_3269.JPG

As acomodações são perfeitas! Além de espaçoso é bem privativo.

IMG_3267.JPG

O kit de necessaire é com produtos da Korres!

 

A internet é paga, mas vale muito a pena, sai 20 dólares para utilizar no vôo todo. E funciona muito bem( estou usando a deles agora para escrever). O cardápio é variadíssimo. E podemos pedir qualquer uma das opções do cardápio a qualquer hora do vôo.

IMG_3281.JPG

IMG_3280.JPG

IMG_3282.JPG

E nós dois estamos tentando fazer nossa parte, experimentando tudo que é possível 😉
Vejam alguns dos pratos que já experimentamos no vôo (não se assustem com a quantidade porque é um vôo longo)

Jantar

Café da manhã

Outros lanches:

Bom, como ainda temos algumas horas de vôo ainda podemos aumentar esta lista … Se ainda conseguirmos comer mais… 😉

A cama é excelente ! 180 graus!!! Tanto que vou aproveitar agora o final do nosso vôo… Bjnhs e bons sonhos…

Começando a viagem com o pé direito!

A Etihad, empresa com a qual vamos voar, fica no terminal 3 de Guarulhos, o terminal mais novinho.
Nosso check in foi super ágil, com uma rápida conferência de documentos e vistos.

IMG_3241-0.JPG

Aqui em São Paulo a Etihad não tem sala VIP própria e está utilizando a sala GRU Airport Executive Lounge. A sala é bem grande, com muito espaço para sentar, buffets fartos de doces e salgados bem como bebidas. Os garçons são super atenciosos (acharam que éramos estrangeiros e nos ofereceu uma caipirinha em perfeito inglês!!!)
Ah, e o wifi é muito bom (estou usando o deles).

IMG_3242-2.JPG

IMG_3244-2.JPG

IMG_3243-3.JPG

IMG_3229-1.JPG

E ainda demos sorte, hoje está muito tranquilo por aqui! Até aproveitei para tirar umas fotos dos banheiros …

IMG_3245.JPG

IMG_3247.JPG

IMG_3246.JPG

Agora é só esperar pela funcionária da Etihad que virá para nos acompanhar até o portão de embarque quando a aeronave estiver pronta. Chique neh?!

Gastronomia Zurique

Zurique além de uma cidade belíssima reserva ótimas compras e gastronomia fantástica. Claro que é difícil descrever tantas opções em algumas palavras, mas reservei aqui algumas de nossas melhores experiências.

As confeitarias Sprüngli são de se apaixonar. Com seus belíssimos marzipan e os luxemburgerli (um tipo de macarron) encantam com suas vitrines sempre coloridas.  Além de poder comprar os docinhos, vários endereços na cidade tem salão de café anexo.

Marzipan
Luxemburgerli

 

O restaurante Zeughauskeller tem uma das comidas típicas mais deliciosas. O casarão histórico de 1487 que antigamente abrigava um armazém de armas, fica na região central de Zurique, na Bahnhofstrasse. A comida local lembra muito a comida alemã, no cardápio muitos tipos de salsichas, linguiças, vitela e claro porco. Eu adorei o Geschnetzeltes nach Zürcher Art, que é carne de vitela cortada em tirinhas, com molho a base de vinho branco e cogumelos acompanhada de uma deliciosa batata rösti. ë uma delícia, lembra nosso estrogonofe, só que mais suave. O Julian adorou o pernil de porco marinado na cerveja preta. O lugar é bonito e a comida deliciosa, imperdível.

IMG_2603 IMG_2607

Meu favorito
Belíssima prataria da casa
Belíssima prataria da casa
Pernil de porco
Pernil de porco

Bom, é difícil ter que escolher por algum destes, mas acho que se fosse possível recomendar um único lugar, seria o Swiss Chuchi, para provar o tradicional raclette. O lugar é muito aconchegante, bem típico, fica anexo ao Hotel Adler. As especialidades do cardápio deles são os raclettes e fondues de queijo. Nós somos fãs de raclette e o deles é mais do que fantástico!

IMG_2641A comida de Zurique é deliciosa e muito diversificada, complementa perfeitamente qualquer passagem curta ou estadia prolongada na cidade. Com o friozinho local fica ainda mais difícil de resistir a tantas tentações, então minha dica é aproveitar as comidinhas e queimar as calorias batendo pernas nas maravilhosas lojas de departamentos 😉 .